quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Palavras

Acho que todos já passaram por aquele momento em que você tem em mente exatamente o que quer falar, o que quer dizer, mas não sabe como expor aquilo.
Não conseguem explicar o que está acontecendo ou como funcionará aquele projeto do trabalho, não conseguem dizer que amam alguém.
Por medo, insergurança ou por um simples "branco" que deu naquele momento, deixamos de falar, deixamos de agir. Ficamos paralisados, gaguejamos.
Não adianta, as palavras não saem. Ou, se saem, não o fazem de forma clara, compreensível.
Palavras que nos proporcionam emoções inexplicáveis, que servem para nos fazer seguir em frente.
Palavras, palavras, tudo muito confuso.
Míseras letrinhas que facilitam, mas também complicam bastante a nossa vida.
Você já disse algo hoje?


- Indicação de música: Missy Higgins - Warm whispers

3 comentários:

- B. disse...

Esse texto casou perfeitamente com a aula do Alceste, FATO. HAHAHAH.
As palavras ficaram na garganta, e tudo que falei pareceu idiota. (tá, sobre o peixe foi idiotamente proposital, saksopaks)

ótimo texto, rob. comosempre.

Gustavo Lethier disse...

muito bom, Roberta. =)

agora minha indicação pra vc, se me permite... hehehe : http://www.vagalume.com.br/titas/palavras.html

Gustavo Lethier disse...

Esqueci de falar que na versão acústica a música é bem melhor, mas gosto mesmo da letra.